Homenagem as Mulheres – João Igor

Padrão

Mulher fonte de doçura

E também de inspiração

Traz no ventre a missão

De formamos criatura.

Pureza e formosura

Tanta sensibilidade

Carinho, amor, vaidade,

Fibra, determinação

Mulher tu és a razão

Do viver da humanidade.

 

A sua fragilidade

Nunca quis dizer fraqueza,

Pois mulher, tu tens grandeza,

Caráter e simplicidade.

Chora, rir, sente saudade,

Ama e quer ser amada

Mesmo quando é magoada

Consegue se reerguer

É um exemplo de viver

Que por mim é retratada.

 

Não por ser 08 de março

Que recebe essa homenagem

É por ter garra e coragem

De conquistar seu espaço

Mais forte do que o aço

Brilha quão constelação

Quando explode, é um vulcão.

Mesmo assim o homem quer

É tão linda, ela, mulher,

Dentro de um coração.

 

 

Homenagem as Mulheres – João Igor

08/03/2014

Continuar lendo

Soneto da Saudade

Padrão

Seu cheiro no travesseiro
na cama, um lugar vazio.
Lembranças o tempo inteiro,
presas em um desafio.

A voz que lhe encantava
não tem mesma rigidez.
Os versos que recitava
perderam-se todos de vez.

O teto já desabou
paredes, nada ficou.
Tudo isso foi ao chão.

Mesmo sem anestesia
tu fizeste uma cirurgia
e levou meu coração.

João Igor

Padrão

sol

VEJO O SOL SE ESCONDENDO
ATRÁS DE UMA NUVEM CINZA
PARECE SUJA, RANZINZA
OU QUE ESTÁ O DEFENDENDO.
SE PONDO, ELE VAI DESCENDO
PARA DEBAIXO DO MAR
PRA BEM CEDO LEVANTAR
TRAZENDO MUITA ALEGRIA
DESEJANDO UM BOM DIA
PARA QUEM VAI TRABALHAR.

JOÃO IGOR

Retorno

Padrão

Aos leitores e fãs da poesia
Deixo aqui meu recado saliente
Hoje volto e postar o bom repente
Seja tarde, de noite ou de dia.
Com tamanha e imensa alegria
e comentários abertos a sugestões.
Esses versos que tocam os corações
nunca mentem, só dizem as verdades
estou de volta, morrendo de saudades
pra falar de amor e de paixões.

João Igor

Retornando ao Blog

Padrão

Eu não vou mais atrás do seu amor
sinto muito, dessa vez, eu nada fiz
você tem que enxergar o seu nariz
pra poder duvidar do meu amor.
Não espere que eu peça por favor
pra você, poder retornar pra mim
e lhe digo se esse for o fim
a culpada de tudo foi você
se afastastes de mim pra me perder
sem saber que doía tanto assim.

João Igor

Curtam, compartilhem, postem.

O tempo leva a perfeição.

Padrão

Uma vez foi perguntado a um poeta o motivo pelo qual ele demorava tanto pra fazer as estrofes, ele então respondeu:

“Vem tanta coisa na minha cabeça, que eu tenho que escolher a melhor”

A partir desta frase, Teve um poeta que disse:

Não apresse meu repente
sigo a metrificação
cada verso bem medido
vale mais que um milhão
pois se ainda não sabe,
o tempo leva a perfeição.

João Igor

Olha a genialidade…

Padrão

Teve um poeta que disse:

Quando Deus me fez poeta
fez de um jeito tão preciso
pegou a minha cabeça
colocou tanto improviso
que quase faltava espaço
pra colocar o juízo.

Manoel Xudú